Eventos & Notícias

Diretor técnico da Altox recebe láurea da ACFB/ANF

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Em 24 de julho de 2019, o diretor técnico da Altox Ltda, prof. MSc. Carlos Eduardo Matos, recebeu a LÁUREA JOÃO FLORENTINO MEIRA DE VASCONCELLOS DE INOVAÇÃO FARMACÊUTICA. A referida láurea é outorgada pela Academia de Ciências Farmacêuticas do Brasil/Academia Nacional de Farmácia aos profissionais que, reconhecidamente, se destacaram em atividades de prestação de serviços, produção científica, disseminação do conhecimento e empreendedorismo na área das Ciências Farmacêuticas e Afins.

IMG 0215

Foto (ACFB/ANF). À esq., Dr. Acácio Alves de Souza Lima Filho (2ºVice-Presidente da ACFB/ANF); Prof. Dr. Marco Antonio Stephano, Diretor Social da Academia de Ciências Farmacêuticas do Brasil/Academia Nacional de Farmácia; Prof.MSc. Carlos Eduardo Matos; e Prof. Dr. Lauro D. Moretto (Presidente Emérito da ACFB/ANF). 

Carlos E. Matos é farmacêutico e toxicólogo. É autor do livro "Toxicologia In Silico: fundamentos e aplicações", de capítulos, artigos, consensos e outros trabalhos na área da Toxicologia. Obteve o título de mestre em Saúde Pública pela FSP/USP, em projeto financiado pelo CNPq sobre o uso de modelos computacionais para avaliação de toxicidade e comportamento ambiental de fármacos em água. Foi professor de Toxicologia e Avaliação de Risco do curso de pós-graduação em Ciências Toxicológicas das Faculdades Oswaldo Cruz (2013-2018), e membro consultivo da Sociedade Brasileira de Toxicologia (Biênio 2017-2019). Foi o pesquisador responsável pelo projeto iS-Tox Platform (PIPE FAPESP 2016-08322-5), com liderança de uma equipe de empresas e cientistas brasileiros na construção da primeira plataforma de modelos in silico e de inteligência artificial (IA) com fins regulatórios da América Latina. Consolidou ampla experiência com projetos de consultoria técnica para diversas empresas nacionais e multinacionais de diversos setores e instituições públicas. É fundador e diretor técnico da Altox Ltda, empresa líder na área de modelos in silico e IA aplicados à Toxicologia. Baiano, da cidade de Iramaia - BA na Chapada Diamantina, com 30 anos, é entusiasta da ciência e do empreendedorismo. 

Cadastre-se e receba informações sobre eventos, legislações e novidades sobre métodos alternativos:

Cadastre-se e receba informações sobre eventos, legislações e novidades sobre métodos alternativos: